ANATA demarca-se de marchas

A Associação Nova Aliança dos Taxistas de Angola (ANATA) demarcou-se, hoje, de uma marcha, encabeçada por determinadas organizações da sociedade civil, alegadamente contra irregularidades no processo das eleições gerais do dia 24 deste mês.

Num comunicado dessa associação citado na ANGOP, a ANATA apela a todos os taxistas no sentido de rejeitarem participar destes movimentos, continuarem a exercer as suas actividades e a participarem no pleito, votando de forma cívica e patriótica.

Estão filiados na ANATA mais de 30 mil taxistas na sua maioria em Luanda.

Nos últimos meses, determinadas formações políticas têm instigado algumas franjas sociais e/ou classes profissionais, mormente taxistas, moto-taxistas, jovens desempregados e activistas. para realizarem manifestações, a fim de atrapalharem as eleições gerais e beliscarem o ambiente democrático do país.

Este ano, mais de 14,39 milhões são chamados a exercer o seu direito de voto, para elegerem o Presidente da República, o Vice-presidente e os 220 deputados à Assembleia Nacional

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...