Sonangol investiu 2 mil milhões USD em energias renováveis em 2023

A Sonangol, Sociedade Nacional de Combustível de Angola, investiu cerca 2 mil milhões de dólares durante o ano de 2023, representando um aumento de 41% em relação a 2022, com foco na cadeia primária de valor e nas energias renováveis.

A informação foi divulgada hoje, em Luanda, no quadro do desempenho operacional e financeiro referente ao exercício económico de 2023.

De acordo com uma nota de imprensa da petrolífera estatal, em 2023, em termos de produtos refinados, a nova Unidade Platforming da Refinaria de Luanda alcançou 221.000 toneladas métricas de gasolina, um aumento de 162% em relação a 2022.

Por outro lado, durante o ano findo deu-se continuidade ao projecto de construção da Refinaria de Cabinda, cuja conclusão da 1ª Fase, com capacidade de processamento médio diário de 30 mil barris, está prevista para o final do ano corrente. Adicionalmente, procedeu à assinatura de um contrato para serviços de engenharia de detalhe, aprovisionamento e construção da Refinaria do Lobito, marcando outro passo decisivo para a expansão da infraestrutura de refinação do país.

A Sonangol celebrou também a conclusão da Unidade de Recepção e Distribuição de Gás “Projecto Falcão 2” no Soyo e a inauguração da Primeira Planta Fotovoltaica na região de Caraculo, no Namibe, com capacidade instalada de 25MW de energia solar.

Em resumo, segundo o documento, o ano em referência foi marcado por múltiplos desafios, cujas consequências têm sido visivelmente nocivas, à escala global, com particular destaque para a instabilidade ao ambiente geopolítico e consequente impacto no comportamento dos mercados, do qual ressalta a alteração do preço do barril de petróleo e a rentabilidade dos agentes económicos.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...