Produção de rubis em Moçambique caiu 36% em 2023

Ministério da Economia e Finanças diz que este resultado se deveu em grande medida aos baixos níveis de produção da maior produtora deste mineral, associado a avaria no equipamento produtivo.

Ministério da Economia e Finanças diz que este resultado se deveu em grande medida aos baixos níveis de produção da maior produtora deste mineral, associado a avaria no equipamento produtivo.

A produção de rubis em Moçambique caiu 36% em 2023, face ao ano anterior, para pouco mais de 2,7 milhões de quilates daquela pedra preciosa, menos de metade do inicialmente programado.

De acordo com dados de um relatório de execução orçamental de janeiro a dezembro de 2023, do Ministério da Economia e Finanças, a produção de rubis em Moçambique cifrou-se em 2.710.617 quilates, contra os 7.058.199 previstos inicialmente pelo Governo.

Em 2022, Moçambique produziu 4.212.041 quilates daquela pedra preciosa e no anterior 5.011.723 quilates.

“Relativamente ao rubi, mineral com maior peso na estrutura global no grupo das pedras preciosas e semipreciosas, continua com um baixo desempenho, situado em 38% em relação ao plano anual e um decréscimo da produção na ordem de 35,6% em relação ao período homólogo”, lê-se no relatório de execução orçamental.

Este resultado, diz a Lusa, deveu-se em grande medida aos baixos níveis de produção da maior produtora deste mineral, associado a avaria no equipamento produtivo e aos ataques ocorridos à sua mina em Outubro de 2022.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...