Presidência Palestiniana recusa plano de Netanyahu para gerir Gaza

A Presidência Palestiniana já reagiu ao plano apresentado pelo primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, para governar Gaza após a guerra com o Hamas, dizendo que é apenas uma continuação da ocupação israelita sobre os territórios palestinianos e que impede a criação de um Estado palestiniano.

“Gaza só fará parte do Estado palestiniano independente com Jerusalém como capital, e quaisquer planos que não sejam esses estão condenados ao fracasso“, disse o porta-voz oficial da presidência, Nabil Abu Rudeina, citado pela cadeia de televisão Al Jazeera, sedeada no Qatar.

“Israel não terá sucesso nas suas tentativas de alterar a realidade geográfica”, acrescentou, dizendo também que o “mundo quer segurança e estabilidade na região” e que isso só acontecerá se a ocupação terminar e foi definido um Estado palestiniano.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...