“Nenhum destes candidatos” vence primárias no Nevada

A ex-embaixadora norte-americana junto da ONU e candidata nas primárias do partida Republicado, Nikki Haley, optou por cumprir a lei estadual e participar nas eleições primárias republicanas, ao contrário do ex-Presidente Donald Trump que, aproveitando uma lacuna legal, decidiu participar nos ‘caucus’ do estado. Estes decorrem na quinta-feira e são a única disputa a garantir os delegados necessários para conquistar uma nomeação à Casa Branca.

De acordo com as projecções dos jornais The New York Times e The Washington Post, com 53,1% dos votos apurados, a alternativa “nenhum destes candidatos” obteve 61,2% do apoio e Haley recebeu 32,4%. Os restantes votos foram distribuídos por candidatos que, inclusive, já abandonaram a corrida pela indicação republicana.

A opção “nenhum destes candidatos”, que acabou por ser a mais votada, é vista como uma forma de os eleitores poderem expressar insatisfação com os nomes propostos.

Antes das primárias, a campanha de Nikki Haley explicou o motivo de ter participado nas eleições primárias do estado, ao invés dos ‘caucus’ republicanos, advogando que o processo eleitoral foi alvo de manipulação para beneficiar Donald Trump. “Não gastamos um centavo, nem um grama de energia no Nevada. Não vamos pagar (…) para participar num processo manipulado a favor de Trump. Nevada não é e nunca foi o nosso foco. Eu realmente não tenho certeza do que a equipa de Trump está a fazer por aí, mas eles parecem bastante entusiasmados”, disse a responsável de campanha de Haley, Betsy Ankney, durante uma conferência de imprensa na segunda-feira.

O Partido Republicano viu os tribunais reconhecerem a sua defesa do modelo de ‘caucus’ (de escolha presencial e mais informal), mas não a abolição do modelo das primárias (que permitem outras formas de participação, nomeadamente o voto por correspondência).

Além do duplo sistema de escolha, não ficou definido como o partido distribui os delegados, o que permitiu à facção dominante no estado, que apoia o ex-Presidente Donald Trump, conseguir que os delegados continuem a ser escolhidos por um ‘caucus’.

Ora, nesse ‘caucus’, que se realiza na próxima quinta-feira, Trump vai concorrer apenas contra o quase desconhecido pastor do Texas Ryan Binkley, tendo deixado a principal rival interna, a ex-embaixadora Nikki Haley, sozinha no boletim de voto das primárias de terça-feira.

Espera-se que Trump vença com folga os ‘caucus’, o que lhe deverá garantir todos os 26 delegados do estado. Os delegados são membros do partido, activistas e funcionários eleitos que votam nas convenções nacionais do partido para seleccionar formalmente o candidato às presidenciais.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...