Projecto “Njila” lançado em Benguela e Cuanza-Sul

O Executivo lançou, esta sexta-feira, na província de Benguela, o Projecto de Fortalecimento da Governança para a Melhoria dos Serviços em Angola “Njila”, acto conjunto que irá abranger a região do Cuanza-Sul.

Em Benguela, o projecto vai beneficiar os municípios da Baía Farta, Balombo, Benguela, Bocoio, Catumbela, Cubal, Ganda, e Lobito.

Já no Cuanza-Sul, os municípios do Amboim, Cassongue Cela, Ebo, Libolo, Porto Amboim, Quibala, Seles e Sumbe serão os beneficiados, esclarece uma nota de imprensa do Ministério da Administração do Território.

“O projecto prevê a capacitação de quadros nos domínios da gestão das finanças públicas, da elaboração e implementação de planos directores municipais, para a melhoria da prestação de serviços públicos como também a massificação do Bilhete de Identidade”, destaca o documento.

Coordenado pelo Ministério da Administração do Território, o projecto conta com acções dos Ministérios da Finanças, da Justiça e dos Direitos Humanos, das Obras Públicas, Urbanismo e Habitação,bem como o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social.

Participam da cerimónia de lançamento do “Njila”, a secretária de Estado da Administração do Território, Teresa Quivienguele, o secretário de Estado do Ministério do Urbanismo e Habitação, Manuel Canguezeze, a vice-governadora provincial do Cuanza-Sul, para o Sector Político Social e Económico, Emília Salles, bem como o vice-governador de Benguela, para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Adilson Gonçalves, entre outras entidades.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...