Carolina Cerqueira ressalta parceria entre OEACP e União Europeia

A presidente da Assembleia Nacional (AN), Carolina Cerqueira, declarou, em Luanda, que a parceria entre os países da África, Caraíbas e Pacífico (OEACP) e a União Europeia, relançada pelo Acordo de Samoa, deverá constituir um tema prioritário e urgente nas agendas dos parlamentos.

Ao discursar segunda-feira à noite, por ocasião da recepção oficial oferecida aos delegados às Assembleias Constitutivas da Assembleia Parlamentar Paritária OEACP-UE, enfatizou que a voz dos parlamentares, deve se afirmar como construtor de pontes sólidas para o reforço do diálogo, da paz, da tolerância e da concórdia.

Segundo a Angop, a líder do Parlamento angolano disse estar convicta de que, a partir do encontro de Luanda, as relações institucionais OEACP-UE irão conhecer uma nova dinâmica e um enquadramento mais inclusivo das metas dos Estados e articulação dos seus propósitos.

Manifestou a necessidade do respeito pela realidade dos respectivos países, tendo sempre como objectivo o valor supremo da paz, “caminho fundamental para a equidade, justiça, boa governação e do desenvolvimento social e humano.”

Carolina Cerqueira regozijou-se pelo facto de o Parlamento angolano acolher, 15 anos depois, um evento da Assembleia Parlamentar Paritária, unindo os povos de África, Caraíbas e Pacífico e da União Europeia.

“Acreditamos que estes momentos são uma oportunidade para estreitarmos os nossos laços institucionais e de reencontro entre parlamentares que durante anos estão empenhados em fortalecer laços e afectos para diminuir distâncias e unir as nossas comunidades e respectivos povos”, vincou.

Considerou, igualmente, o evento uma oportunidade para dinamizar as relações e contactos numa perspectiva geracional e de representatividade do género.

Carolina Cerqueira afirmou ser um privilégio e honra para a Assembleia Nacional por, num curto espaço de tempo, receber delegações parlamentares de todos os continentes, depois de em Outubro do ano passado ter acolhido a 147ª Assembleia da União Inter-Parlanentar (UIP).

Já a presidente da Assembleia Parlamentar da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP), Ana Rita Sithole, agradeceu ao Presidente João Lourenço, que anuiu a realização, na capital angolana, da 64.ª da Assembleia Parlamentar da OEACP e a constituição da 1ª Sessão da OEACP-UE, no âmbito do Acordo de Samoa.

Expressou, também, apreço à líder do Parlamento angolano pela sua capacidade de liderança, para quem quando as mulheres lhes é dado espaço para a participação política e liderança “podemos alcançar resultados notáveis”.

A Assembleia Parlamentar Paritária é um órgão permanente com funções consultivas.

A Assembleia Parlamentar Paritária da OEACP-UE é co-presidida, do lado Europeu, por Carlos Zorrinho, eurodeputado português, e, do lado da OEACP, por Anita Rita Sithole, deputada moçambicana.

A OEACP reúne cerca de 1,5 mil milhões de pessoas de três continentes e 79 países, sendo 48 da África Subsariana, 16 das Caraíbas e 15 do Pacífico, o que torna esta organização uma força significativa no concerto das nações.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...