Eleições gerais: pelo menos 22 mil angolanos na diáspora poderão votar

A votação dos angolanos na diáspora para as eleições gerais marcadas para dia 24 de Agosto vai decorrer em 12 países e 25 cidades nos continentes africano, europeu e latino-americano, de acordo com a Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

A votação dos angolanos na diáspora para as eleições gerais marcadas para dia 24 de Agosto vai decorrer em 12 países e 25 cidades nos continentes africano, europeu e latino-americano, de acordo com a Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

Em África, haverá votação em Pretória, Cidade do Cabo e Joanesburgo, na África do Sul; na Namíbia, será em Windhoek, Oshakati e Rundu; na RDC, em Lumbumbashi, Matadi e Kinshasa; na República do Congo, em Brazaville, Dolisie e Ponta Negra; e, na Zâmbia, em Soluezi, Lusaka e Mongo.

Na América Latina, a votação será no Brasil (Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro), enquanto que no continente europeu decorrerá na Alemanha (Berlim), Reino da Bélgica (Bruxelas), França (Paris), Reino Unido (Londres), Portugal (Porto e Lisboa ) e nos Países Baixos (Roterdão).

A CNE determinou, por outro lado, que a partir das próximas reuniões plenárias os partidos políticos inscritos no Tribunal Constitucional poderão enviar os seus assistentes, com vista a fazerem o acompanhamento das etapas subsequentes relativas a organização das eleições gerais de 24 de Agosto.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...