CPLP elogia os esforços empreendidos por Angola

O Grupo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) na Etiópia elogiou quinta-feira, o Governo angolano pelos esforços a nível da União Africana (UA) que visam aumentar a consciencialização e mobilizar apoio à reconciliação como uma ferramenta vital para se alcançar uma paz duradoura no continente.

Reunido quinta-feira à tarde, em Addis Abeba, o Grupo saudou a comemoração, pela primeira vez, do 31 de Janeiro, “Dia da Paz e Reconciliação em África”, cuja cerimónia de lançamento contou com uma declaração do Chefe de Estado angolano, João Lourenço, enquanto Campeão da União Africana para a Paz e Reconciliação.

Segundo o embaixador de Angola na Etiópia e representante permanente junto da UA, Francisco José da Cruz, a celebração da efeméride “foi uma oportunidade para mobilizar e reafirmar o apoio, entre outros, aos processos de Luanda e Nairobi sobre o conflito no Leste da RDC”.

O diplomata acrescentou que o evento apelou à plena implementação do acordo de paz de Pretória entre o Governo da Etiópia e a Frente de Libertação do Povo de Tigray, bem como a Declaração de Nairobi que a acompanha.

Francisco da Cruz disse que a comemoração inaugural foi também uma oportunidade para se instar as partes envolvidas noutros processos de paz, designadamente da Líbia, Sudão e Sudão do Sul, a engajarem-se mais activamente na implementação dos compromissos assumidos para a prevenção, gestão e resolução de conflitos, bem como a promoção de uma reconciliação efectiva e abrangente.

No encontro, o Grupo CPLP na Etiópia aprovou o Programa de Acção para 2023 e gizou as próximas etapas conducentes ao reforço do uso da língua portuguesa nos trabalhos da União Africana.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...